Tecnologia: opção ou solução?


Por Hailton Costa

Professor da Escola Nacional de Seguros, Diretor de Comunicação do Sindicato dos Corretores de Seguros do Estado de Goiás (SINCOR Goiás) e CEO da Real Brasil Corretora

de Seguros

Foram abordados os novos players de mercado e a importância da formação continuada do profissional de seguros nos textos anteriores desta série sobre as perspectivas de futuro para o mercado segurador. Neste terceiro e último texto o foco da reflexão será o uso da tecnologia nesse ramo de atividade na expectativa de auxiliá-lo em seu crescimento.

A tecnologia é aprimorada e envolvida em nosso dia a dia em uma velocidade inimaginável há algumas décadas, a maioria das nossas atividades corriqueiras envolvem algum tipo de tecnologia que facilita e/ou agiliza processos, encurta distâncias, aproxima pessoas e do ponto de vista corporativo não é diferente, ela pode potencializar a experiência do consumidor e ampliar seu relacionamento com as marcas.

A tecnologia é uma ferramenta, logo, por si só, não será a solução, mas pode ser o caminho para a inovação também no mercado segurador, pois oferece diversas possibilidades ao profissional corretor de seguros para trabalhar a proximidade com o cliente, para conhecê-lo melhor e para facilitar processos de troca de informações e chegar no momento da venda. Alguns exemplos são: o desenvolvimento de aplicativos personalizados, o gerenciamento de mensagens que toda a equipe pode acessar, o envio eletrônico da proposta de seguros, que o cliente poderá assinar via certificação digital ou por e-mail e até mesmo o corretor ter acesso online a todas as informações da apólice de seguros na palma da mão. Penso que o empoderamento do cliente, por meio da tecnologia, será o destaque daqui para frente.

Outros aspectos de mudanças atuais que podem ser encaradas como benéficas são:

  • A possibilidade do trabalho home office, através do qual as corretoras poderão ampliar a forma de atuação, a rapidez no atendimento ao cliente, fazendo uso contínuo da tecnologia nesse formato;

  • A mudança nos sistemas de pagamento que o Banco Central está promovendo. Com isso o cliente poderá comprar uma apólice de seguros a qualquer hora e em qualquer lugar onde tenha acesso ao sistema de pagamento e pagar, inclusive, em final de semana e feriado. Ao meu ver isso trará uma revolução fundamental para o mercado de corretagem de seguros;

  • As redes sociais, que são plataformas tecnológicas de comunicação e, assim sendo, os profissionais de seguros também precisam estar presentes nesses ambientes para estreitar o relacionamento com o cliente e ainda se mostrar disponível para ser contatado a qualquer momento;

  • O Chat, em nosso site, é um sistema de comunicação direta com o cliente, canal onde ele pode entrar e falar conosco a qualquer hora e, se não estiver em horário de expediente, no primeiro horário útil depois, alguém coleta essa informação e já dá encaminhamento nela, tornando o processo de comunicação do cliente com a corretora muito célere. O cliente gosta de sentir essa segurança, de que ele vai comunicar e alguém o responderá com atenção.

Muitos são os desafios que o mercado segurador e os profissionais envolvidos poderão enfrentar, porém muitas também são as possibilidades que já vem sendo desenhadas no cenário atual, então estar sempre atento à forma de atuação da concorrência, buscar constante aprimoramento profissional e ter na tecnologia uma aliada para chegar até o cliente e facilitar todo o processo de comunicação, venda e pós-venda com certeza pode fazer toda a diferença.


2 visualizações

(62) 99972-5372

©2020 por Hailton Costa. Orgulhosamente criado com Wix.com